Resenha do Livro: Marca – O que o Coração Não Sente os Olhos Não Vêem (Stalimir Vieira)

No começo de sua obra Stalimir Vieira já deixa claro que seu livro não é sobre marketing e seus conceitos e sim um livro sobre reflexões no âmbito de ser ético na propaganda e no marketing do produto ou empresa.

O autor cita um exemplo ocorrido em sua infância, no qual a propaganda de certo produto,no casa Chimarrão Gaúcho , afirmava que este era o melhor chimarrão existente,porém quando a avó de Stalimir ouviu a propaganda no rádio ela logo desmentiu,dizendo que este não era o melhor chimarrão do mundo,levando em conta a experiência de sua avó o autor acreditou nela e começou a se questionar porque motivo a propaganda mentia e enganava os consumidores.

Utilizando uma frase do pensador francês Rousseau na qual diz: “a verdade não reside primariamente no pensamento,mas no sentimento na intuição imediata,na certeza do coração”.Stalimir afirma que isto é o que falta no marketing,não tentar enganar o consumidor somente para aumentar as vendas,e sim condizer com o que é prometido pela empresa ou produto.

Devido a acirrada concorrência, a dificuldade de se manter no mercado e a necessidade constante de obter lucros a ética é deixada de lado pelo marketing, para alcançar seus objetivos,seja honesta ou desonestamente.

Para se criar eticamente uma marca de sucesso é necessário criar uma linha e ideologia,porém não somente criar esta linha como também corresponder ao que é prometido,a ideologia pode ser definida como um conjunto de crenças que estabelecem um compromisso de conduta,assim a marca deve condizer com o que promete através de seu marketing.O marketing deve operar sobre elementos definidos existentes, e não criar elementos que não existam,e assim sendo falaciosos.

A marca não é construída pelo departamento de marketing,e sim pelo departamento de recursos humanos,o departamento de contas a pagar,o serviço de atendimento ao cliente,e principalmente pela qualidade ética dos acionistas,estes que irão agir de acordo com a índole da empresa,a qual deveria ser sempre ética,respeitando não somente seus consumidores mas também todos seus funcionários.

A vida profissional deve ser levada juntamente à vida pessoal,pois estas são simultâneas,toda vida vivida pela própria pessoa é vida pessoal,ou seja o trabalho faz parte da vida pessoal,não existe dicotomia entre vida pessoal e vida profissional.A principal causa de stress no trabalho é o desajuste entre conceitos éticos pessoais com os do ambiente profissional,ou seja a vida profissional está ligada a essência da pessoa,se o individuo é ético em sua vida pessoal deve ser também em sua vida profissional.

A marca é “talhada” de acordo com a opinião das pessoas,sejam elas consumidoras da determinada marca ou não.No sentimentos das pessoas está a maior vulnerabilidade ou a maior garantia da marca.Para a marca chegar ao estado de excelência , a perfeição utópica,ela precisa ser guiada pela ideologia,a qual deve ser ética,pois este comportamento é o mais poderoso formador de imagem da marca.

Mapa conceitual

Cmap Marcas

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: